sutilezas do sumô

Tem muito mais não-nikkey praticante de sumô no Brasil do que se imagina – quem afirma é Willian Takahiro Higuchi, campeão brasileiro. Uma luta cheia de sutilezas, que vêm sendo descobertas e bem apreciadas por muitos brasileiros. Tanto que a primeira vez que o Campeonato Mundial de Sumô foi disputado fora do Japão, foi em 2000, aqui em São Paulo. Algumas das sutilezas:

sumo.jpg

-quem luta sumô é sumotori

-um sumotori fera pode ser reverenciado como herói no Japão

-num ritual xantoísta, os lutadores jogam sal no ringue para purificá-lo

-uma tina de água (tikaramizu) é colocada ao lado do ringue para concentrar as energias dos lutadores

-os lutadores são elásticos como contorcionistas, musculosos e capazes de saltar alto

-usam praticamente apenas aquele tapa-sexo para mostrar que estão desarmados

-um lutador aspirante fica internado nas beyas, tipo de templo e academia de treinos

-os aspirantes chegam a ficar anos sem contato com suas famílias

-o grande campeão é um yokozuna

-o título de yokozuna é vitalício e confere regalias

-só os yokozunas podem usar aquele coquezinho no alto da cabeça

-quando o yokozuna começa a baixar o nível da performance, a dica é aposentadoria

-as lutas costumam demorar menos de 1 minuto

-as regras são muito claras


Anúncios
Esse post foi publicado em japas no esporte e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s